Pages

Thursday, January 15, 2009

Grupo amigos pro-figueiredo


E ao quarto dia em Portugal outro momento especial estava a nossa espera, um encontro com uma pessoa muito especial. Lembro-me á uns 3 meses atrás quando cheguei a casa após a minha primeira sessão de quimioterapia e encontrar uma mensagem muita saborosa no meu blog e ainda para mais de uma pessoa que não conhecia até ali e que tinha passado por algo não muito longe daquilo que também eu estava. Que alegria eu senti naquele momento, alguém bem longe estava também ali do meu lado. Naquele dia as palavras do Henrique conseguiram acender ou despertar qualquer coisa dentro de mim que todo o longo dia de ataque químico tinha feito o favor de apagar. Ele deixou-me palavras de esperança e de coragem. Logo ali apercebi-me que o Henrique era uma pessoa com um coração enorme.

Desde aquele dia que eu esperava para vir a Portugal e conhece-lo pessoalmente. Hoje chegou o dia, o café chegou á mesa connosco cheios de energia e teimosos. Falamos do "business" para ter a certeza que nenhum de nós se esquece ou falha nada na nossa luta. Tenho a certeza que foi somente o primeiro encontro entre muitos. Todos Juntos somos sempre mais fortes, e aqui não foge a regra. Obrigado amigo e já agora o Bolo foi um sucesso.

Abraços e Beijos para todos

2 comments:

Brancamar said...

Olá Helder,

Eu não lhe disse ontem que ia passar a ser visita desta casa? Pois aqui estou e também concordo consigo, o Jorge Henriques é uma pessoa com um coração enorme, como já viu o coração dele até chega quase ao Norte de Europa, eheheh, também atravessa oceanos, ou pelo canal da Mancha ou vai ali para os lados de Cabo Verde,habitue-se a que gosto de brincar, mas tudo o que disse é verdade.
Ainda bem que está feliz por estar entre nós e conhecer novos amigos.
Vai fazer-lhe muito bem esta mudança de ares e com o Jorge a ajudar, pela experiência que já teve e acreditando muito na vitória vai vencer todos os seus problemas de saúde.
Beijinhos.
Branca

Linda said...

Olá Helder,

Cheguei aqui através do Jorge, o Helder já o conhece pessoalmente eu ainda não!
Ainda bem que se dão estes encontros, é muito bom ver o rosto de quem é nosso amigo, embora virtual.
Espero que o Helder ultrapasse esta fase o melhor possível, e já sabe amigo do meu amigo meu amigo é.
Bjs
Linda